Cartão clonado: saiba o que fazer e como se proteger

Clonagem de cartão, isso Já aconteceu com você? Como se proteger disso? Esse é o assunto desse artigo.

Fala leitor ,belezinha? Você provavelmente tem um conhecido que já teve um cartão clonado, e muitos prejuízos com isso, ou a vítima foi você mesmo, bem chato. Isso pra você ver, como esse golpe é comum.

Clonagem de cartão de crédito é uma das fraudes mais realizadas no Brasil. Mas e aí? Como faz pra se proteger? Antes de falar das medidas de proteção, é importante você saber como é feita a clonagem de cartão.

Muitas pessoas por ai dizem: Que nada, não acredita não! Não, pura Fake News. Ah é? Fique sabendo que nós sabemos muito mais disso do que você imagina. E você ai, Sabe como é feita a clonagem do cartão?

A clonagem acontece assim, todos os dados do seu cartão são transferidos para outro, assim fica fácil pra qualquer pessoa comprar coisas no seu nome, utilizando seus dados bancários. Olha que perigo!

A pessoas pensa? Nada a ver, pra que que tem cartão com chip hoje em dia? E quem disse que cartão com chip não é clonado. Até diminui o risco, mas isso não quer dizer que os golpistas não encontram um jeitinho.

Pois é pessoal, embora seja mais difícil clonar o cartão com chip, só isso não garante a segurança. Os fraudadores podem utilizar leitores adulterados em caixas eletrônicos 24 horas e maquininhas de pagamentos.

Só para usar os dados para comprar por aí, fora os sites de compra e aplicativos com cobranças internas, essas quadrilhas se aproveitam de qualquer brecha pra copiar os seus dados.

Se você verificar o extrato do cartão de credito, e ver um monte de compras que não foi você quem fez? Cuidado que é golpe. Anota aí! Tudo o que você precisa fazer pra resolver isso.

O primeiro passo é:

Peça o bloqueio imediato ou cancelamento do seu cartão, em seguida, análise as compras, e saiba quais não foram feitas por você. Depois faça um B.O “Boletim de ocorrência” porque se chegar qualquer protesto no seu nome por causa disso, tem como comprovar que você não é o culpado.

E por fim, faça um alerta de documentos roubados, perdidos, ou furtados, uma dica, é fazer o alerta de documentos da Serasa. Ah eu disse mais uma dica? Na verdade são duas, como a principal fonte de clonagem dos cartões são as compras online, é melhor usar o cartão virtual.

Assim, dá pra evitar que peguem seus dados por aí. E a outra dica, é que você pode monitorar pra saber se o seu cartão foi parar na Dark Web. Onde muitos crimes acontecem na internet.

Agora que você já sabe como aumentar a segurança do seu cartão de crédito para evitar que seja clonado.

Se você tem alguma sugestão de artigo deixe um comentário que nossa equipe respondera a sua mensagem.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.